08/05/2018 15h19 - Atualizado em 09/05/2018 13h20

Projeto Alman’arte promove capacitação de Educação Ambiental a professores em Cariacica

Professores de quatro Centros Municipais de Ensino Infantil (CEMEI) do entorno da Reserva Biológica de Duas Bocas, localizada na área rural de Cariacica, receberam por meio do projeto Alman’arte capacitação voltada para educação ambiental. Serão ao todo cem professores beneficiados diretamente pelo projeto, que recebe suporte e apoio do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Espírito Santo (Iema).

Realizado por Flavio Vezzoni, do Grupo Moxuara Produções Artísticas, e pela Renata Rosa, a formação se sustenta sobre a tríade: Educação, arte e sustentabilidade. O projeto propõe uma metodologia de utilização da música como sensibilizador em prol da educação, além de também serem aplicadas leituras e oficinas de instrumentalização, onde os professores produzem seu próprio instrumento.

Segundo a coordenadora do projeto, Renata Rosa, com os seis anos de existência, mais de 70 escolas já foram favorecidas. “O Alman’arte veicula arte e musica como uma forma de proporcionar educação ambiental verdadeira. Precisamos trabalhar direto na educação porque é por meio dela que faremos a diferença, principalmente desde cedo com as crianças”, contou.

Com a disponibilização do espaço da Reserva Biológica pelo o Iema, o projeto também garante uma formação continuada que visa promover aos professores envolvidos atividades de imersão na Reserva de Duas Bocas. O propósito é conhecer o bioma da região e também ativar a sensibilidade dos professores para que eles possam multiplicar esse conhecimento e vivência em sala de aula.

De acordo com o Gestor da Reserva Biológica de Duas Bocas, Fabiano Novelli, projetos como o Alman’Arte são essenciais para promover a educação ambiental. “Nós da REBIO de Duas Bocas sempre estamos de portas abertas para novas ideias e novos projetos. Temos que estar atentos às novas formas de promoção do processo de educação ambiental e a arte consegue alcançar as crianças de uma forma especial. E é com essas formações dinâmicas que a escola se torna um lugar de transformação, principalmente em relação à educação ambiental”, afirmou.

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard